Descida da Fazenda Paulo Gama à comunidade do Porto Marinho

(MAPAS ao final e link do arquivo KMZ do Google Earth)


O mais importante de tudo é lembrar que o trecho será inundado com a construção da Represa Itaocara (http://uheitaocara.com.br/) que tem previsão de início das obras em janeiro de 2016.

Em maio de 2015 percorri os 65 Km do rio Paraíba do Sul no trecho que começa em Porto Velho do Cunha e vai até Itaocara, neste trajeto encontra-se um trecho bem especial tanto pelas belezas quanto pelas corredeiras: Fazenda do Paulo Gama até Porto Marinho. Agora vamos descrever detalhadamente um pouco mais desse maravilhoso paraíso, para demonstrar o potencial para pratica de Canoagem, Stand UP Paddle e Pesca Esportiva, aqueles que querem simplesmente curtir um passeio de barco a motor, um banho de rio, um acampamento, enfim os amantes da natureza.

Não é um trecho com um grau de dificuldade grande e o desnível é pequeno. A única corredeira de grau III é a Cachoeira do Urubu, mas que tem a portagem bem fácil. As outras corredeiras formam ótimas ondas.

O rio Paraíba do Sul neste trecho tem largura média de 300 metros e algumas ilhas. A mata ciliar é razoavelmente preservada. A pesca esportiva de corrico de dourado e robalo é muito praticada e apreciada pela quantidade de ações. A piscosidade é grande, ainda encontram-se carpas, piaus, piabanhas, caximbaus, tucunarés, dentre outras espécies.

Para chegar a Fazenda do Paulo Gama deve-se pegar a estrada que liga Itaocara a Batatal e entrar a direita no sentido de Porto Marinho. São cerca de 6 Km asfaltados até Batatal e 25 km de estrada de terra de Batatal até a Fazenda do Paulo Gama (Alfarrobeira), passando pelo vilarejo de Porto Marinho. Abaixo segue o mapa para chegar à fazenda do Paulo Gama. Caminho no Google Maps: https://goo.gl/maps/NxGstDVbfC52

Eram 03 de outubro de 2015 de uma manhã ensolarada, em que eu (Jefferson) e meu companheiro de canoagem Sérgio Lessa percorremos os cerca de 6,5 km de boas corredeiras e muita beleza natural.


Video da Descida

TRECHO:

Fazenda do Paulo Gama, saindo da Alfarrobeira

    • Corredeira do Beco
    • Cachoeira do Urubu
    • Corredeira do Tobogam
    • Corredeira do Molha Saco
    • Corredeira do Porto Marinho

Porto Marinho

Não deixem de passar no Restaurante Cabana do Peixe Frito e saborear sua culinária típica! <<fotos abaixo>>



Observações Finais e IMPORTANTES.

Ressalto que o nível do rio é bem distinto ao longo do ano e as condições mudam para cada nível.  Logo é importante se informar sobre as condições da época.

Atualmente, outubro de 2015, o rio Paraíba do Sul está em seu nível mais baixo, recorde histórico, desde quando a marcação começou a ser efetuada. Fato que é muito preocupante.

No período de estiagem, aproximadamente de abril a setembro o rio Paraíba fica com nível mais baixo e com as águas mais claras. No pico da estiagem, geralmente de julho a setembro, suas águas ficam bem claras, como um rio de serra, as corredeiras ficam mais inclinadas e com ondas íngremes. Na época das águas, tempo das chuvas, o Paraíba do Sul tem seu nível elevado conforme a intensidade das chuvas. Em janeiro e fevereiro, ele geralmente está em seu nível mais elevado. Neste período, as águas se tornam bem densas e turvas e as corredeiras ficam extensas e com ondas enormes.

Outra coisa importante a revelar é que o nível de dificuldade das corredeiras é pequeno; em condições de normalidade, classe I e II em sua maioria; mas requer todo cuidado possível e o uso dos equipamentos de segurança torna-se obrigatório. Como o rio é bem largo há possibilidade de desvio de qualquer corredeira, inclusive as portagens são bem tranquilas de fazer, caso seja necessário. Em níveis normais, todo trecho do Paraíba é navegável com embarcações pequenas, barcos a motor modelo 9 pés que são usados pelos pescadores esportivos de dourado e robalo.

A comida típica que encontramos nos restaurantes do trajeto é peixe. Principalmente, caximbau, dourado, robalo, carpa, piau e traíra feitos fritos ou em moqueca acompanhados de pirão, arroz e salada.

Percebam que o tempo de descida vai variar dependendo do tipo de caiaque ou embarcação e da intensidade do canoísta.

Equipamentos: Caiaque TS Adventure da Canoamm, remo de carbono modelo Rasmussem, colete Race Canoe, saia Shockwave Immersion Research e capacete WRSI.

É impossível demonstrar por algumas fotos toda beleza, por isso é imprescindível que vocês confiram todos nossos álbuns.

Álbuns completoshttps://www.facebook.com/acainoagem/photos_stream?tab=photos_albums

Qualquer dúvida ou informação não hesite:

Jefferson, jeffersonvfigueiredo@yahoo.com.br

ACAI – Associação de Canoagem de Itaocara,   acainoagem@gmail.com

                                                                          http://www.acainoagem.com.br

Mapa Google Earth

https://sites.google.com/site/acainoagem/home/passeios/porto-marinho/porto%20marinho.png

Mapa Google Maps - Caminho até o Paulo Gama vindo de Itaocara. https://goo.gl/maps/NxGstDVbfC52

https://sites.google.com/site/acainoagem/home/passeios/porto-marinho/Trajeto%20de%20Carro.PNG

Fotos do Restaurante Cabana do Peixe Frito

https://sites.google.com/site/acainoagem/home/passeios/porto-marinho/DSC06755.JPG

https://sites.google.com/site/acainoagem/home/passeios/porto-marinho/DSC06757.JPG

https://sites.google.com/site/acainoagem/home/passeios/porto-marinho/DSC06761.JPG
https://sites.google.com/site/acainoagem/home/passeios/porto-marinho/DSC06756.JPG


ċ
Trajeto.kmz
(1k)
ACAI Canoagem,
13 de out de 2015 17:13